quarta-feira, 19 de abril de 2017

A GRANDE MENTIRA QUE TE CONTARAM




Aqui está um assunto profundamente polêmico entre os espiritualistas.
Embora não necessariamente todos os detalhes sejam fatos, um dos temas que mais tentarei abordar nesta página daqui para a frente é o quanto nossas concepções religiosas nos aprisionam docilmente.
Sei que muitos refutarão de pronto o tópico da matéria, mas lhes digo isso, a partir da minha experiência própria como alguém que foi criada dentro do kardecismo, esteve na wicca, é umbandista, universalista, ama o budismo, o hinduísmo e escreve sobre suas experiências de contato tanto com seres espirituais como extra e intraterrestres, recomendo muito que todos parem para tentar 'pensar fora da caixinha' um pouco, pois existe um ENORME fundo de verdade no texto abaixo, infelizmente:
- O fato de que não devemos alimentar o medo não significa que não devamos ter olhos para ver a verdade, e essa verdade, a VERDADE SOBRE A REALIDADE EM QUE VIVEMOS, é podre. E essa podridão, para espanto de muitos, envolve até mesmo aquilo que reconhecemos como MUNDO ESPIRITUAL.
- A reencarnação é um fenômeno muito mais abrangente e complexo do que o espiritismo nos ensinou - convido a todos que saiam da sua zona de conforto o quanto antes para diminuir o choque de realidade pelo qual terá de passar se você acredita piamente que um ser que se apresente como 'guia espiritual' está acima de qualquer suspeita. Algumas 'colônias espirituais' que nos são passadas como cidades de luz, são lugares onde as almas são mantidas e controladas, tolhidas do seu livre arbítrio e compelidas a reencarnar em condições tão precárias e contrárias às condições reais de sua alma, que só sendo super-heróis para vencer, e claro, a maioria não consegue; isso ocorre apenas para endividarem-se ainda mais. Nem todos que planejam sua encarnação querem mesmo o seu bem, sua redençao ou que seu espírito evolua. O conceito de karma tem sido usado como uma cilada para a humanidade similar aos juros de cartão de crédito. Você aceita um empréstimo para te ajudar a pagar as dívidas e na verdade o que 'A Empresa" quer é que você se endivide ainda mais.
- Os seres estelares, através da maioria dos seus contatados ao redor do planeta, tentam nos alertar para isso. Só esse fato já deveria levantar a suspeita de que as coisas não são exatamente como nos contaram. A maioria deles, apesar de viverem em sociedades que para nós parecem utópicas, não têm religião. Eles abordam a espiritualidade de uma maneira científica, e nesse contexto as sucessivas experiências do espíritos servem para que ele adquira maestria de si mesmo e seu auto-conhecimento. Ao fim de cada 'vida' o 'saldo' obtido é integrado a seu Eu Maior, que contém sua identidade real.
Com base nisso, observe o seguinte paradigma:
1- João desencarna e daqui 100 anos continua a se identificar como João, se declara espírito endividado e necessitado de luz. Em uma comunicação dirá que está para reencarnar em uma vida de dificuldades muito maiores a fim de se redimir. (Qual a lógica disso?!?!?!? A pessoa repete uma prova e aí a de recuperação é mais difícil?!?!?!?)
2- João, após o desencarne, reintegra-se ao seu Eu Maior, ou Eu Matriz, assim, caso comunique-se com alguém, provavelmente mostrará sua aparência 'real', não a que tinha como João, muito possivelmente não dará um nome, ou dará um nome 'genérico' como "Irmão em Deus" ou "Mensageiro do Amor", mesmo que, dependendo do seu grau de maturidade espiritual, possa apresentar a aparência de qualquer de seus 'eus' anteriores, uma vez que o corpo astral é um veículo de alta plasticidade. João faz uma análise de seus avanços e fala de seus planos junto à sua família espiritual para novas experiencias que possam dar continuidade ao seu processo de auto-descobrimento. Sem dramas, distanciado das tragédias da 3-D, apenas como um observador de uma experiencia na qual sua própria consciência é o sujeito.
Há muita chance de que o primeiro João descrito esteja cativo de um sistema pseudo-espiritual corrompido e que tem dominado a mente através das religiões.
Muitos médiuns e espiritualistas, independente de suas vertentes, estão recebendo comunicações nesse sentido, muitas vezes dos próprios guias com os quais sempre trabalharam, e estão SURTANDO por conta disso. Tendo suas 'verdades' confortáveis desafiadas, sentem-se inseguros, sem saber no que pensar. Muitos estão abandonando os caminhos que anteriormente trilhavam também por conta disso, sentindo que precisam chegar a algum novo porto que não sabem bem ao certo para que lado fica.
Se você se encontra nessa situação, relaxe. A verdade pode doer, mas é sempre libertadora. Procure sintonizar-se com quem você REALMENTE É, ao invés de depender de mentores externos. Mentores verdadeiros estão ao nosso lado para nos auxiliar, não para nos carregar. Eles sabem que seu Eu Superior é seu principal guia, nessa ou em qualquer vida.
Fique esperto: ninguém foi criado pela Fonte Criadora/Deus para sofrer. Qualquer doutrinação nesse sentido está corrompida em sua essência.
Jennifer Dhursaille
PS: Repetindo, o texto do link não é meu, e não é 100% verdadeiro ou à prova de erros, ainda assim, toca em várias questões fundamentais, por isso estou compartilhando.



Um comentário:

  1. Se você tem dúvidas ou gostaria de comentar algo a respeito deste texcto, por favor o faça no seguinte link, onde constam já diversos comentários e adendos referentes ao assunto, que você poderá achar interessante ler.

    http://jenniferdhursaille.blogspot.com.br/2017/04/adendos-postagem-anterior-grande.html

    ResponderExcluir