quarta-feira, 15 de março de 2017

CONTATADOS – ENTRE O DESLUMBRE E O MEDO

CONTATADOS – ENTRE O DESLUMBRE E O MEDO




               
                Aqui vai uma breve receita auto-diagnóstica para aqueles que acreditam ter contato com seres das estrelas ou serem eles próprios de origem extraterrestre.

               Essa receita consiste em 5 perguntas que você ou a pessoa que você conhece e está sofrendo da “Síndrome do Contatado” precisa seguir como régua de parâmetro para avaliar em que ponto do contato se encontra, pois SER e RECONHECER-SE contatado, abduzido, híbrido ou simplesmente uma semente estelar é um PROCESSO e nele, infelizmente muitos se perdem no meio do caminho.

                Ainda que a ciência convencional não tenha condições de ‘validar’ ou não o contato com seres de outro plano de consciência, a psicologia e a psiquiatria, por mais precárias que as reconhecemos como disciplinas muito novas na face do globo e portanto incompletas, ainda assim facilmente diagnosticam sintomas evidentes de doença ou perturbação mental em quase todos os contatados. Livros foram escritos para se abordar o impacto que o cérebro e as emoções humanas sofrem ao se depararem com uma outra realidade, normalmente não aceita pelos que circundam, e que desconstrói a visão de mundo daqueles que a contemplam.

           Natural é que se passe por fases emocionalmente turbulentas, porém, as FASES devem ser superadas em algum momento, ou o contatado acabará por perder uma preciosa oportunidade de transformar-se, a partir desta nova visão do mundo, a si mesmo e de ajudar aqueles que precisam despertar.

                São clássicos dentro da literatura ufológica os casos de pessoas que tiveram um contato real em algum ponto de sua vida e depois disso desconectam-se da realidade e começaram a fantasiar informações que nunca receberam, a se apropriarem de histórias relatadas por outros contatados como se fossem suas, e o pior, a se isolarem e passarem a sofrer do “vitimismo do astronauta - ou do ET - perdido”.

                De todos os males esse é o pior, pois aniquila qualquer possibilidade de que o contato inicial progrida e venha a se transformar naquilo para o qual existe:

Ser uma Via Expansora da Consciência Humana.

               
                Pergunte e responda a si mesmo:

              - No fundo tenho medo de me aprofundar nesses assuntos?
                - Acredito que somente os meus iguais me entenderão?
                - Na Transição Planetária os bons serão recompensados e os maus punidos?
                  - Tudo o que mais quero é voltar para ‘casa’?
                -Eu sei que escolhi estar aqui e aceito essa escolha em Amor e Alegria?

                Nós sabemos o que a maioria de vocês que nos leem responderá, e aguardamos ansiosamente que suas respostas mudem, pois só então vocês estarão prontos para trabalhar conosco lado a lado. De fato somente a quinta pergunta deverá receber um SIM como resposta.

                Atente, por favor, aos pontos abaixo, e que essa régua te ajude a localizar o ‘seu ponto atual’ para que você veja o que pode fazer para te levar até o Ponto de Chegada, que é onde realmente você vai começar a fazer algo de útil com a sua experiência, pois tudo é uma questão de dominar algo fundamental para qualquer contatado: a sua própria frequência vibracional.

FASE 1 – PÂNICO, MEDO DE DORMIR, DESEJO DE QUE AS ABDUÇÕES PAREM, sentimento de violação, não querer falar sobre o assunto
·         O ser humano é um ser dual energético-material. A energia no campo da matéria densa, que é onde vivemos, tem uma de suas principais características adormecidas, que é a inteligência. Em planos sutis – como qualquer pessoa que já experimentou projeções astrais ou desdobramentos de consciência sabe – a sua energia “te informa” tudo o que está acontecendo ao redor, mesmo que você não veja ou não ouça nada, você “sente” se aquilo que está experimentando é bom ou ruim. Com o tempo até mesmo um pacote de dados sobre o passado ou o futuro daquela experiência é possível acessar. Contudo esta função estando inoperante na matéria – ao menos de forma consciente – soma-se ao medo natural instintivo que toda criatura biológica sente ao ser privada ou tolhida de sua liberdade e passa por experiências não compreendidas ou invasivas.

                Nessa fase cabe a Busca por Informações, o Estudo do Fenômeno e a Superação de um Trauma Irracional em prol do Entendimento daquilo pelo qual está se passando.


FASE 2 – A BUSCA DO NICHO

·         Há muitas abordagens sobre Ufologia neste momento e irremediavelmente a pessoa se atrairá por aquela que maior conforto lhe traga para ajudar a enfrentar esse momento de descoberta. Infelizmente muitas vezes a visão escolhida não é a que mais gostaríamos que vocês seguissem. Há muito ‘Medo’ mas também muitas ‘Ilusões’ permeando a essência desses materiais que estão disponibilizados, e em qualquer dos casos essas abordagens mais nos afastam do que nos aproximam de vocês. Temer o contato é tão prejudicial para as sementes quanto elas acreditarem que somos seres ‘mágicos’.

·         Nesta Fase ocorre também o “recrutamento de mais 1” para os clãs que se formaram entre os grupos que se consideram detentores da verdade. O contatado que procura informações é direta ou subliminarmente induzido a fazer parte dos clãs sob pena de ‘correr riscos’ ao se envolver com outras abordagens e vertentes interpretativas do fenômeno. É a mente humana reproduzindo o velho esquema de MOCINHOS X BANDIDOS e procurando arregimentar membros para fortalecer o grupo que acredita ser “O MELHOR”.
       
                Gostaríamos que houvesse um maior foco em ajudar os que chegam a se encontrarem do que em fortalecer os egos e as trincheiras imaginárias dos que se puseram em posição de líderes. Não elegemos nenhum líder entre os contatados e gostaríamos que vocês se conscientizassem que não é uma guerra e sim uma união de forças o que estamos procurando estabelecer entre vocês

                Sabemos que o cenário tende a continuar dessa forma, então dizemos às nossas sementes que agora despertam: ouçam todos, mas sigam o seu coração.

                Ainda que não se lembre dela neste momento, você já pertence a uma Família de Luz que atua dentro e fora da matéria e está ligada a uma ou mais Linhagens Extraterrestres.

                Você não precisa decidir a qual se filiar, apenas ‘reconhecê-la’ quando estiver pronto.


FASE 3 – DEMONIZAÇÃO E PARTIDARISMO ENTRE LINHAGENS

                Faremos deste um tópico curto:

·         Se a Fonte criou as tartarugas e as borboletas, espera-se que todos sejam capazes de admirar a força, a inspiração e as lições que o clã das Tartarugas e o clã das Borboletas tem a oferecer.

                Ainda que tenha havido uma perturbação na harmonia entre o convívio de espécies distintas, não se deve demonizar ou enaltecer nenhuma, pois todas vieram de um mesmo Poder.


FASE 4 – QUERO IR EMBORA PARA CASA!

                É logo antes da fase em que vocês se tornariam de suprema ajuda pra nós que a maioria se paralisa.

·         Lastimamos que tanto trabalho da nossa parte e também da de vocês – pois foram todos voluntários e pagaram um alto preço para isso, sobretudo em termos energéticos – seja perdido enquanto vocês se dedicam a lamentar o que acreditam ter perdido e colocam toda sua energia em projetar cenários mentais de retorno ao lar que imaginam ser sua verdadeira morada, esquecendo-se dos princípios básicos de Fraternidade Cósmica e Cidadania Interplanetária.

                Meus irmãos, muitas vezes vocês estão tão fora da realidade que achamos melhor não chocá-los com alguns fatos que poderiam mudar radicalmente a percepção de vocês. Temos extremo cuidado com sua psiquê e o processo de Despertamento exige que assim seja, porém propomos aqui, sem incorrer em ‘acidentes diplomáticos’ um exercício imaginativo para ajudá-los a mudar sua perspectiva sobre o que significa ESTAR AQUI.

·         Vocês pediram por esta oportunidade, seja de uma forma ou de outra. Embora alguns não tivessem muita escolha, ainda assim foi com apreço que receberam a oportunidade de imersão de parte da sua consciência em um corpo de 3D.      Sejam gratos, pois a gratidão abre muitas portas e elas podem trazer revelações importantes que vocês nunca alcançariam enquanto negarem ou amaldiçoarem o estar aqui.

·         Muitas das poderosas linhagens ancestrais que para cá enviaram os seus estão comprometidas em conquistar uma espécie de ‘direito de participação’ na Nova Terra como membros fundadores. Estudem Astronomia e verão que muitas das Estrelas que vocês sabem ser sua origem há muito passaram por transformações drásticas, planetas deixaram de existir ou tornaram-se inóspitos à vida. Há estrelas que somente sua memória e seu brilho há para nos inspirar. A realidade do momento presente é a chave para continuar o progresso de algumas civilizações que ou se expandiram demais ou não possuem mais um lar para chamar de seu.

                Então, antes de desejar tão intensamente voltar para casa, procure ter garantias de que você realmente tenha um para onde voltar caso as coisas não sejam bem como você imaginou.

              A Transição Planetária é vista por todas as linhagens como uma excelente oportunidade, se não para mais nada, para o aprimoramento da maestria do ser durante uma rara fase energética. Por favor, releiam essa frase, pois membros de todas as Linhagens disputaram uma chance para usufruir desse momento único.
         Honre sua linhagem; honre estar aqui, pois a você foi confiado que entre muitos, você seria mais capaz.


FASE 5 – RECONHECIMENTO E ESTABILIZAÇÃO

                Somente quando o contatado “COMPREENDE”  porque veio e o que está fazendo aqui ocorre a Integração da sua personalidade cósmica e o Despertamento pode ser considerado concluído.

                Esta fase envolve uma reequiparação energética e dará início à sua missão propriamente dita, que às vezes será anônima e sem maiores repercussões, como tantos de vocês que vieram e hoje estão comprometidos em harmonizar a Natureza e os 5 Reinos de sustentação à Vida: elemental-etérico, mineral, vegetal, animal e hominal.
                
                Somente aqui cessa a Saudade de Casa, pois reconectados ao seu Eu Matriz vocês conseguem viver multidimensionalmente e interagir conosco sem os entraves de alternância vibracionais.
              
              Não é a visita ou o avistamento de uma nave que irá cessar essa saudade, mas a sua aceitação, compreensão e determinação em viver um processo que foi acordado antes do seu nascimento entre todos nós.      
 
           Nós também sentimos saudades. Muito mais do que vocês saberão, pois vocês se ‘esqueceram’, ao menos por um tempo, mas nós não. Aguardamos ansiosos pela fresta que se abre nas suas consciências e nos permitem novamente interagirmos como Família.
      Pedimos então: não atrase esse processo mais do que necessário. Não se percam nas fases anteriores.
        
       Nós estamos aqui, no ponto de resolução e reconexão esperando por vocês.

George e Joreen Len para a Tríplice Aliança
* Orion * Sírius * Plêiades ~



16 comentários:

  1. Plenitude e gratidão por tão nobre mensagem.Saudação!

    ResponderExcluir
  2. Gratidão por podermos entrar em contato! Saudação!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pela importante mensagem.

    ResponderExcluir
  4. Foi imensa a alegria e o amoroso puxão de orelhas, importante e muito bem colocado, muito agradecida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imenso prazer em ter o retorno de vocês também, Vania. Gratidão.

      Excluir
    2. Não há nada para ter medo...o amor que se descobre por nós e pelo conetivo é absoluto. Sinto-me plenamente em casa. Gratidão

      Excluir
  5. Bacana as sugestões desses pontos, por anos tive/tenho (praticamente a vida toda kkkkkkk) esse sentimento de "não sou daqui", "quero voltar para casa"... só agora recentemente que diminuiu drasticamente!!
    Ficou tudo tão mais empolgante, o vazio da saudade está dando espaço para novas experiências, novos estudos, novas paradigmas e principalmente mudança de postura.
    Me vejo atualmente no ponto 5 e 2.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, acho que poderia escrever mais uns 30 textos sobre as agruras de ser um contatado e não esgotaria o assunto rsrsrsrsrsr
      Quando encontramos um irmão estelar perdido por aí, são sempre as mesmas aflições compartilhadas.
      Grande abraço!

      Excluir