segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ANGELE DEI - A ORAÇÃO QUE NÃO FALHA



A ORAÇÃO QUE NÃO FALHA
~*~curta nossa página no facebook https://www.facebook.com/Amor.Magia.Destino e tire suas dúvidas sobre Espiritualidade~*~
Tema da Semana: "OS ANJOS"
Apesar de espiritualista, confesso que tinha um hábito terrível no qual tive que trabalhar muito para eliminar: a preguiça de orar.
Eu sei que é ridículo, mas a verdade é que minha tendência para orar somente nos dias de trabalhos espirituais ou quando havia uma necessidade premente era norma.
Não que não houvesse necessidade - na verdade sempre havia, e muita! Justamente por isso eu hesitava em pedir a intercessão contínua dos anjos ou dos espíritos superiores para situações que eu no fundo achava que não eram minha responsabilidade resolver, embora elas me afetassem.
Hoje percebo que havia uma mistura de pensamentos que me levavam a essa atitude:
1- Senso crítico que me dizia que não era 'justo com os anjos ou seres superiores' serem incomodados com questões por demasiado 'humanas' no meu julgamento; eu acreditava que somente casos graves, como saúde, requeriam a intercessão dos seres de luz
2- Aversão a maioria das orações prontas - sempre preferi orar conectando meu espírito ao Alto, deixando que as palavras viessem naturalmente do coração em forma de oração única e sentida emocionalmente e não só racionalmente
3- Medo de perder a fé, caso a situação não fosse atendida
Esse último item era derivado do fato de embora eu ser ainda muito jovem perceber que os problemas que me cercavam eram culpa dos humanos e suas atitudes, então quando me mandavam orar para melhorar eu no fundo achava que não era certo, e não sentindo ânimo para fazer a oração-sentida-no-fundo-da-alma como expliquei no item 2, eu temia fazer orações 'protocolares' e acabar por me sentir abandonada quando elas não fossem atendidas (e eu tinha certeza de que não seriam porque não acreditava que as questões fossem ser solucionadas passivamente, aguardando somente a intervenção divina).
As orações eram, para mim, como os banhos, as defumações e os preceitos que fazemos para nos preparar para o dia em que as funções espirituais têm lugar.
No dia-dia, eu me recusava a permitir que elas tivessem espaço, teimando em resolver eu mesma os problemas na medida em que apareciam.
Até que 'fui obrigada' como parte do treinamento druídico a orar diariamente. Querendo fazer ' a coisa certa ' decidi não pedir por nada, apenas agradecer, seja lá o que fosse no dia, por mais que o dia tivesse sido ruim, eu ainda tinha a natureza, os animais, os 4 elementos, o trabalho, a minha oportunidade de servir e evoluir e a todo Amor dado e recebido para agradecer.
E assim foi que consegui por fim manter a regularidade e estabelecer uma rotina de orações que me deram ancoragem para enfrentar as dificuldades diárias e um senso de direção mais fácil nos momentos em que o coração falseia e o amargor tenta tomar conta.
Eu nada pedia, somente agradecia.
Então um dia precisei pedir.
Lembrei-me da oração que jamais me falhou, a do Anjo da Guarda, aprendida há décadas, após uma preleção em que nos foi contado que Santo Agostinho dizia que jamais uma pessoa pedindo a intercessão de seu anjo da guarda, de uma orientação ou resposta a uma dúvida, deixará de ser ouvida.
Ás vezes o recurso que está mais perto nos é negligenciado. Meu anjo me deu não somente as respostas em forma de sonhos, como mesmo acordada, sem me permitir duvidar. Aliviou meu coração e me deu o sentido onde a bússola deveria seguir.
Hoje a Deus só agradeço e todas as dúvidas peço a meu Anjo Guardião que me oriente.
Mesmo quando faço a leitura de oráculos ou mapas sobre a missão de vida de alguém, sempre pelo a orientação do Anjo da Guarda da pessoa para poder transmitir o conselho certo, pois ninguém melhor do que ele para orientar a pessoa na direção correta.
Você pode nunca talvez precisar de um mapa astral, de uma consulta de tarot ou de baralho cigano, mas sempre irá precisar de uma orientação na sua jornada de vida. Quando esse momento chegar, não hesite.
Ore.
Peça a intercessão e uma resposta ao seu Anjo da Guarda.
Essa Fé não Falha jamais!
Com amor e gratidão ao meu Anjo da Guarda

Angele Dei é rezada desde 1111 por crianças do mundo todo.

Jennifer Dhursaille